Romero calça as botas de sete léguas e ganha a estrada

04/03/2021

O ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, nunca hesitou exibir seu jeito matuto de ser. E nunca deixou de tirar proveito servindo-se dele com magistral habilidade, o que pode ser comprovado pelos êxitos em cenários, onde outros poderiam se safar melhor, ao exemplo das conquistas obtidas no período quando o PT pontificava e Romero, um tucano de plumagem destacada, mesmo assim conseguiu obras fantásticas como o Conjunto Habitacional Aluísio Campos, o maior complexo residencial, industrial e comercial do país, façanha que só um matuto muito sabido poderia conseguir.

MATUTO ASTUCIOSO

Foi com esse estilo Jeca Tatu que Romero eclipsou muitas das lideranças campinenses, ao exemplo do primo Cássio, e hoje é reconhecidamente um dos protagonistas do cenário político do Estado, já calçado com as botas de sete léguas, em incursões que visam pavimentar sua caminhada para o Governo do Estado.

Sempre discreto e manhoso, Romero tem percorrido a Paraíba em missões diplomáticas visando corrigir certos desvios de rota provocados pelas turbulências que o pleito eleitoral passado provocou.

E essa missão de saneamento político pode ser avaliada pela visita que fez ao prefeito de Cabedelo, Vitor Hugo, cujo atrativo eleitoral não tem muita expressão haja vista o potencial de votos da pequena cidade portuária.

Romero desconversou, conversou fiado, deu panos para às mangas de Vitor Hugo, associou as administrações, dividiu desempenhos, trocou elogios, jogou confetes, escondeu o gato, mas deixou o rabo de fora e quem ele deve ter ido ver de fato sequer apareceu no noticiário que reproduziu o encontro e ninguém ouviu falar no filho de Cícero, Messinho, vice de Cabedelo, com certeza o verdadeiro alvo de Romero, que deve ter levado sua caixa de primeiros socorros para cicatrizar feridas de campanha.

Só assim se torna compreensível a atracação de Romero no porto de Cabedelo: botar compressas nos hematomas que a aliança com o MDB do finado José Maranhão provocou na eleição passada e reabrir uma porta para se reaproximar do ainda abalado e magoado prefeito da capital.

De burro, Romero só teria aquilo que é grande e o outro que é redondo.

Fonte: ‘JampaNews’




Comentários realizados

  • 07/03/2021 às 04:13

    Ronaldo Pordeus

    Romero Rodrigues Governador 2022

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias