Karla desmantela "time" de Olavo Macarrão no Conde e coopta Manga Rosa dando-lhe sinecura vantajosa no seu Gabinete

06/04/2021
O "Conde News" censurou o ato e noticiou a negativa repercussão
O "Conde News" censurou o ato e noticiou a negativa repercussão

Um dos principais escudeiros da campanha de Olavo Macarrão (CIDADANIA), candidato a prefeito derrotado no Conde por Karla Pimentel (PROS), o ex-vereador Carlos André (Manga Rosa), presidente municipal destituído recentemente do PTB e ex-presidente da Câmara Municipal, não resistiu aos acenos do Executivo e aliou-se à prefeita, recebendo dela em contrapartida uma sinecura vantajosa no seu Gabinete.

A portaria nº 0212/2021 foi publicada no Diário Oficial de 29 de março passado e revela que o cargo dado a Manga Rosa é o de Chefe de uma tal “Divisão Operativa”, com remuneração enquadrada no símbolo CDS-III no Gabinete da Prefeita  

A repercussão do ato tem sido bastante negativa para ambos: o ex-vereador derrotado nas urnas e a prefeita Karla.

Manga Rosa é o segundo grande desfalque do chamado “time” de Macarrão. O primeiro foi Josemar da Pousada, o mais votado vereador das últimas eleições, cooptado com a missão de esquecer a CPI do Lixo que tencionava instalar na Câmara para investigar os supostos ilícitos na contratação da empresa para a coleta de resíduos sólidos, denunciada pelo Tribunal de Contas do Estado.    

O portal ‘Conde News’, um dos mais acessados do Conde, lastimou que os poderes Legislativo e Executivo no Município sirvam “para a prática do penduricalho, do apadrinhamento, onde são nomeados ex-políticos sem mandatos, os quais perdem a cadeira, mas não a boquinha”.

Para o portal, “enquanto o povo padece com carência de assistência social, infraestrutura e outras demandas governamentais, os amigos do poder são agraciados com os manjares da política”.

A publicação especula que dois outros ex-vereadores seriam os próximos a serem agraciados com novas sinecuras patrocinadas pela prefeita: José  Muniz e Juscelino Oliveira.

VESTIDO COM SAIAS...

A chegada de Manga Rosa à prefeitura condense na verdade não representa muita surpresa, uma vez que a história do vereador mostra que ele não consegue sobreviver sem a sombra do Poder.



Fiel a Márcia Lucena Manga Rosa vestiu saias e envergonhou os condenses, que lhe derrotaram nas urnas

Assim foi já no seu primeiro mandato quando pulou para o barco de Tatiana Lundgreen, recebendo dela todas as benesses possíveis para continuar alojando a sua tropa de assessores em garantia à reeleição.

Reeleito, não foi difícil aliar-se a Márcia Lucena, tendo chegado ao cúmulo de vestir saias e posar em plenário com a indumentária para mostrar fidelidade à dama que passou a lhe dar ordens e cargos públicos.

Fonte: Da Redação




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias

Mais Lidas