Inédito levante de oposição alcança Bruno Cunha Lima ao final do seu primeiro ano de gestão e exige dele ‘resolutividade’ que ninguém ainda conseguiu enxergar

21/12/2021

Um Senador da República (Veneziano Vital do Rego), cinco vereadores, um deputado estadual, presidentes de sete partidos políticos (MDB, PV, PSOL, PCdoB, PT, REDE e PODEMOS) e representantes de centrais sindicais e de diversas associações comunitárias de Campina Grande formalizaram nesta quinta feira (16) um consubstanciado documento, denominado “Carta das Oposições à Gestão Municipal de Campina Grande!", que tem tudo para a partir de agora tirar literalmente o sono do prefeito Bruno Cunha Lima (PDS), cuja gestão tem sido considerada caótica.  

A Carta é lançada em razão da necessidade cada vez mais premente de se compreender a realidade administrativa de Campina Grande, atualmente sob o comando do Prefeito Bruno Cunha Lima (PSD), herdeiro político da oligarquia que lhe dá sobrenome.

As lideranças signatárias entendem que os escândalos de corrupção, como a “Operação Famintos”, o fechamento das Cozinhas Comunitárias, o inchaço da máquina pública com apaniguados sem concurso, a mistura indevida entre política e religião e a precarização dos transportes públicos, entre outros absurdos, infelizmente, passaram ao largo do debate com a sociedade nos últimos anos, o que não pode se repetir durante a atual gestão.

Entendem os signatários que acima das diferenças político-ideológicas entre os representantes da Oposição, filiados a diferentes partidos, militantes de diversos Movimentos, cada qual com sua crença, está o interesse público de Campina Grande, cidade mais pujante do interior do Nordeste brasileiro, cuja população precisa entender, de fato, qual a realidade das políticas públicas que são tocadas pela Prefeitura, no campo da luta por Moradia, Saúde, Educação e Direitos Humanos, exigindo resolutividade aos problemas que atingem os campinenses, principalmente os que estão em situação de maior vulnerabilidade social.

Como consequência da Carta, as lideranças signatárias prometem realizar, ainda nos primeiros meses de 2022, o "1º Encontro das Oposições de Campina Grande", que resultará em propostas concretas de resolução para a Cidade, rumo à mudança há tantos anos necessária para o nosso desenvolvimento!

Segue a Carta, na íntegra:

CARTA DAS OPOSIÇÕES DE CAMPINA GRANDE

As Oposições de Campina Grande, abaixo-assinadas, assumem o Compromisso com a Democracia e com a Justiça Social e Ambiental porque entendemos que, para uma Cidade viva, é necessária uma oposição atenta e atuante, que não se movimente apenas nos períodos eleitorais, mas que se articule no cotidiano das lutas populares e se conduza respeitando e garantindo a sua diversidade, em diálogo permanente com a Sociedade.  

Essa caminhada conjunta se faz necessária para denunciarmos mais enfaticamente o modelo de governar do atual prefeito, Bruno Cunha Lima, que toca um governo sem projeto e sem atenção nenhuma às políticas públicas mais importantes, sobretudo com relação à população periférica, que não tem assistência devida na saúde, sofre pela falta de transporte regular, pela falta de uma política ambiental e do clima, pela falta dos restaurantes populares e das cozinhas comunitárias, em um contexto do aumento da fome, do desemprego e do número de pessoas em situação de rua.  

Além disso, o atraso na revisão do tão importante e necessário Plano Diretor para o desenvolvimento urbano, entre tantos outros problemas e reclamações do povo campinense faz que este nosso campo das Oposições se comprometa com uma Agenda que coloque o debate do presente e do futuro da cidade na ordem do dia, a exemplo, como dito, da luta por uma saúde pública de qualidade, pela volta e ampliação dos restaurantes e cozinhas comunitárias, pela efetivação de um plano de mobilidade urbana que garanta o transporte coletivo de qualidade, por uma cidade para caminhar e se locomover.  

Nós nos comprometemos com a valorização do servidor/a público/a, com o diálogo e enfrentamento a toda prática de assédio moral e com o cumprimento dos PCCRs da Saúde.  

Nós também nos comprometemos com o debate econômico que possibilite a geração de emprego, renda e a diminuição das desigualdades, com a necessidade de uma política permanente de microcrédito para os pequenos negócios e empreendimentos de economia solidária, com a urgente revisão do Plano Diretor e com a ampla participação da sociedade na elaboração de políticas públicas imprescindíveis ao nosso desenvolvimento.  

Por isso, respeitando as nossas diferenças internas, seguiremos articulando as forças de Oposição de forma permanente, reconhecendo a nossa pluralidade e diversidade e unificando o compromisso por uma Campina Grande justa, ecologicamente e socialmente sustentável.  

Viva a Democracia! Viva Campina Grande! Viva às Oposições!   

Assinam:

Anderson Almeida Pila - Vereador (Podemos)

Maria de Fátima Melo Silva - Vereadora (Podemos)

Jô Oliveira - Vereadora (PCdoB)

Olímpio Oliveira - Vereador (PSL)

Valéria Aragão - Vereadora (PTB)

Inácio Falcão - Deputado Estadual (PCdoB)

Veneziano Vital do Rêgo - Senador (MDB)

Antônio Pereira, ex-vereador - PDT

Ana Cláudia Oliveira da Nóbrega Vital do Rêgo - Podemos

Cristiana Almeida - REDE

Glauce Jácome - Presidenta do PCdoB

Hermano Nepomuceno - Presidente do PT

Olímpio Rocha - Presidente do PSOL

Tatiana Medeiros -Presidenta do MDB  

Washington Pessoa - Presidente do PV

Chirlene dos Santos Brito - Sindicato dos Empregados Domésticos - PB

Levante Popular da Juventude

Juventude do PT - JPT

Iann Coelho  - UJS

Juventude do MDB

Dilei Aparecida Schiochet - Coordenadora do MST/PB

Maria do Socorro Silva - Associação das Trabalhadoras Domésticas (Campina Grande)

Rogério Gonçalves Moura - Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB)

Roberto Jefferson Normando - Coordenador do Fórum Pró Campina

Vanessa Belmiro – UBM

Fonte: Da Redação




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias