Diálogo com a sociedade e intensa produção legislativa marcam os seis meses de mandato da vereadora JÔ Oliveira

15/07/2021

Com pouco mais de seis meses de mandato, a vereadora Jô Oliveira (PCdoB) reúne uma intensa produção legislativa, com 318 proposituras protocoladas junto à Câmara Municipal de Campina Grande, sendo 34 projetos de lei, 199 requerimentos, 17 pedidos de informações, 8 indicações, 58 emendas e 2 projetos de resolução.  Para além dessa produção legislativa, a parlamentar também dialogou com diversos movimentos e organizações populares, além de representações políticas e institucionais, buscando realizar ações e propostas em conjunto.

Como fruto dos movimentos sociais e populares, Jô Oliveira acredita que seu trabalho legislativo deve estar em constante diálogo com a sociedade, em toda sua diversidade, para que possa realmente corresponder e refletir às necessidades do povo campinense.

“Foram seis meses intensos, de muito trabalho e muita produção. Estivemos nas ruas, em reuniões, em encontros, de forma presencial ou remota, mas estivemos ouvindo as pessoas e buscando construir de forma dialogada. Isso para nós é muito importante, essa construção conjunta que de fato atenda as demandas da cidade e que dialogue com ela”, destacou a vereadora.

Mesmo com essa produção intensa, Jô Oliveira destaca que ainda há muito por ser feito e que recebe demandas da população constantemente.

“A gente fez muita coisa, mas ainda há muito para ser feito. As demandas e os pedidos chegam a todo momento, seja das pessoas que me param na rua, seja por mensagens em redes sociais ou através de visitas, reuniões, conversas... a gente sente que a cidade estava carente de uma representação que trouxesse essa abertura para o diálogo”, afirma a parlamentar.

Ações em destaque

Durante esse período de mandato da vereadora Jô Oliveira, se destacam as suas proposituras voltadas às mulheres, com projetos que tratam do enfrentamento a violência contra a mulher e pobreza menstrual; ações que visam garantir o abastecimento de água na zona rural do município; projetos que trazem pautas como o genocídio da juventude negra e a necessidade de efetivação de um plano de igualdade racial no município; pautas que atendem demandas da população LGBTQIAP+, como o projeto transcidadania que visa estimular a formação educacional e inserção desse público no mercado de trabalho; além de projetos que tratam sobre a substituição de veículos de tração animal, a adoção e ampliação de práticas sustentáveis na Câmara Municipal de Campina Grande, e o atendimento a pedidos diversos que se relacionam com o dia a dia da cidade, como calçamento de ruas, limpeza de terrenos, reparos em iluminação pública e a necessidade de nomeação de ruas.

Fonte: Assessoria




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias