Comerciante que é a terceira força eleitoral do Conde abraça campanha de Olavo Macarrão e com ele pretende sepultar as oligarquias e os velhos coronéis

28/10/2020

O valoroso empresário João Rodrigues de Oliveira Júnior, que nas eleições municipais de 2016 filiado ao DEM obteve a terceira colocação no Conde, com 1.294 votos (9,81%), e que este ano ainda no período pré eleitoral desistiu de concorrer pelo seu atual partido, o PSDB, acaba de anunciar apoio irrestrito ao projeto de Olavo Macarrão (CIDADANIA-PTB).

Natural de João Pessoa, mas radicado no Conde há mais de três décadas, Júnior Rodrigues tem 49 anos de idade, é casado com Patricia e tem um filho, Rodrigo. Empresário vitorioso no ramo supermercadista, mantem lojas na sede do Município e no Distrito de Jacumã, sendo hoje um dos grandes empregadores de mão de obra da região.

Pai de família dedicado, empresário que gera emprego e renda no Conde, Júnior conquistou muitos amigos ao longo de sua vida e sua entrada na campanha de Olavo Macarrão está sendo festejada por todos que o conhecem.

- “Olavo Macarrão representa não somente a força da sadia juventude condense, mas principalmente o necessário ‘sangue novo’ que tanto carece a nossa desgastada política onde os velhos coronéis e as surradas oligarquias finalmente vão ser por ele e pela força do povo definitivamente aposentados”, rejubilou-se Júnior ao bater o martelo em prol do jovem candidato. 

No presente processo eleitoral Júnior Rodrigues (PSDB) vinha “comendo pelas beiradas”, como ensina a sabedoria popular, se credenciando de forma robusta para se eleger o próximo prefeito do rico Município praiano, mas a falta de apoio do próprio partido o levou a repensar o projeto e ele preferiu se afastar, mantendo-se até ontem em clima de neutralidade política.

Humilde, operoso e com densidade eleitoral já testada nas urnas, tinha tudo para desbancar as velhas oligarquias do Município que se uniram no primeiro instante  em torno da “laranja” do cacique Aluízio Régis, a sua nora Karla, bem como a prefeita Márcia Lucena (PSB), cuja gestão infiltrada por assessores forasteiros só não é desastre mais avassalador porque o ex-governador Ricardo Coutinho, responsável por sua eleição, abençoou o Conde enquanto pode com obras em profusão.

Júnior Rodrigues chegou a ser festejado em João Pessoa pela cúpula partidária durante curso de capacitação patrocinado pelo braço social do PSDB, o Instituto Teotônio  Vilella presidido pelo deputado federal Pedro Cunha Lima, e havia recebido garantias de que sua campanha seria fermentada com incondicional apoio dos caciques da legenda, o que efetivamente não se consolidou na pratica.

Em João Pessoa, como registram os anais da mídia paraibana, Júnior foi fotografado junto ao deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) e a deputada estadual Camila Toscano (PSDB) já na condição fechada de pré-candidato a prefeito do Conde, numa espécie de pré-estréia do que o PSDB faria por ele no período propriamente dito da campanha de 2020, mas acabou se frustrando e encerrou precocemente a caminhada.  

O DIA-A-DIA DE JÚNIOR

Pés no chão, e se revelando mais maduro politicamente do que na campanha passada quando emergiu das urnas como a terceira força do pleito, Júnior “correu campo” de dia e de noite sem dar sinais de cansaço nem esmorecimento. Ao contrário, avançava nas suas atividades comerciais, como deu exemplo inaugurando em Jacumã o maior supermercado do Litoral Sul paraibano, e vinha conseguindo arregimentar para o seu Exército, em desfalque à troupe opositora, um qualificado corpo de abnegados soldados, como os irrequietos Lula Melo, ex-braço direito da ex-vice prefeita Sandra Ribeiro, Vailson de Jacumã, o homem das mil e uma utilidades no Governo Tatiana Lundgreen – aquele que ficou famoso no Estado após o truculento ato de Aluízio Régis o açoitando no restaurante da nora com um cipó de boi, e vários outros próceres políticos locais.

Na parte exclusivamente partidária tinha conseguido celebrar informais alianças com dirigentes testados nas urnas, conhecedores a fundo dos problemas das áreas urbana e rural do Conde, como foi o caso, por exemplo, do esfuziante Cláudio Publicidade, que na condição de suplente de Vereador goza de inegável prestígio junto a considerável parcela do eleitorado.

Fonte: Da Redação




Comentários realizados

  • 28/10/2020 às 09:00

    Geilsa

    Eu fiquei muito feliz ☺ com sua escolha espero que sejamos felizes com Macarrão Prefeito

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias