Médico ex-prefeito de Bayeux é executado a tiros por motoqueiro nas proximidades da casa onde morava em João Pessoa

10/12/2020

O ex-prefeito de Bayeux, Expedito Pereira, de 72 anos de idade, foi assassinado na manhã desta quarta-feira (09) enquanto caminhava na Avenida Sapé, bairro de Manaíra em João Pessoa, nas proximidades da sua residência.

O crime aconteceu por volta das 9 hs. E o ex-gestor foi alvejado com pelo menos três tiros, sendo dois no tórax e um no braço.

O responsável pelo crime foi um homem em uma moto preta, que se aproximou de Expedito, desferiu os disparos, e fugiu. Um vídeo divulgado mostra o momento exato da execução.

Expedito Pereira era médico gastroenterologista e clínico geral.  

TRAJETÓRIA

Expedito foi vice-prefeito de Bayeux (1989-1993, PMDB) e assumiu o mandato de prefeito em 1992 após a morte de Lourival Caetano, sendo eleito prefeito posteriormente por dois mandatos (1997-2000, PRP-PB; 2001-2002, PMDB-PB).

Suplente na legislatura 2007-2011, assumiu o mandato de deputado estadual em março de 2009 na vaga de Iraê Lucena, nomeada secretária estadual de Ação Governamental.



Fonte: Da Redação




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias