Olímpio Rocha entra na Justiça contra Bruno Cunha Lima para garantir circulação de 100% da frota de ônibus em Campina Grande

01/05/2021

O advogado Olímpio Rocha, candidato do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) a prefeito de Campina Grande em 2020, ajuizou Ação Popular contra o prefeito Bruno Cunha Lima, que recentemente determinou a diminuição drástica da circulação da frota de ônibus na cidade, prejudicando segundo ele sobremaneira os trabalhadores e a população em geral que precisam se deslocar utilizando os coletivos urbanos.

Na ação, Olímpio Rocha demonstra que a recente aprovação da Lei Complementar Municipal nº 151/2021, de autoria do prefeito Bruno, só nesse primeiro trimestre já deu mais de R$ 1.800.000,00 (um milhão e oitocentos mil reais) às empresas concessionárias do serviço público que, em contrapartida, nada deram de volta à população. “Pelo contrário, elas têm mantido mais de 80 (oitenta) ônibus parados nas garagens”, informou.  

Olímpio também alega que os ônibus têm circulado com superlotação, principalmente nos horários de pico, já que o comércio continua normalmente aberto na cidade, sem a fiscalização devida da Prefeitura, mesmo diante da necessidade de maior cautela durante a crise sanitária pela qual o mundo atravessa, ferindo-se o direito constitucional à saúde da população de Campina Grande.

A Ação Popular, que também tem como réus a STTP e seu Superintendente, Dunga Júnior, além de todas as empresas concessionárias do transporte público na cidade,  tramita na 2ª Vara de Fazenda Pública da Comarca de Campina Grande, sob o número 0811083-51.2021.8.15.0001, e pede a concessão de liminar para que “a frota de ônibus volte à circulação pré-crise do coronavírus, ou seja, com 100% de circulação” e esta conclusa para decisão do juízo.

Fonte: Da Redação




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias