No ‘Dia de Combate ao Glaucoma’ Oftalmoclinica promove campanha e diretor diz que prevenção é o caminho mais fácil para evitar cegueira

27/05/2021

Hoje, 26 de maio, comemora-se no Brasil o Dia Nacional Nacional de Combate ao Glaucoma, doença que acomete os olhos, não tem cura e quando não é tratada em tempo pode levar à cegueira.  

No País, são mais de dois milhões de brasileiros acima de 40 anos acometidos da patologia.

Segundo o oftalmologista Saulo Freire, diretor da Oftalmoclinica e da Fundação de Olhos da Paraíba (FOP), vários fatores de risco favorecem o aparecimento do glaucoma, a exemplo da idade avançada, aumento da pressão intra-ocular (pio), danos no nervo ótico, raça negra e hereditariedade. Na maioria dos casos , pode ser controlada com tratamento adequado e contínuo.

Todavia, quanto mais rápido for o diagnóstico, maiores serão as chances de se evitar a perda da visão.  

- “A prevenção é o caminho mais fácil, mais curto e mais barato para evitar a cegueira. A cegueira incapacitante torna as pessoas inválidas. O cuidado com a saúde visual é essencial, inclusive porque muitos casos de perda da acuidade visual podem ser evitados com um diagnóstico precoce”, explica Saulo Freire.

Ele ressalta que o glaucoma é diagnosticado quando a pessoa faz exame oftalmológico cuidadoso e o médico mede a pressão intra-ocular e avalia o nervo ótico. Às vezes podem ser necessários outros exames, como de fundo de olho e campo visual. Após o diagnóstico, o tratamento vai desde a utilização de colírios, que baixam a pressão ocular, a cirurgias e ao uso do laser.

O especialista destaca que o Dia Nacional de Combate ao Glaucoma chama a atenção para a importância de um acompanhamento oftalmológico adequado como forma de prevenir e tratar essa doença que é considerada a maior causa de cegueira irreversível no mundo.

AÇÃO SOCIAL

Nesta quarta-feira, a Oftamoclinica promove a campanha “De Olho no Glaucoma” com ação social nas unidades de Campina Grande e João Pessoa.  

- “Durante todo o dia, faremos uma ação social para a população com exames para pacientes a partir de 40 anos como também prestaremos informações sobre o glaucoma”, revela Saulo Freire.

Fonte: Da Redação




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias