Dando as costas para Campina Veneziano injeta recursos em Parque Linear do Bessa no mesmo instante em que é culpado por paralisação do parque Dinamérica

25/06/2021

Por infeliz ironia do destino, praticamente no mesmo instante em que o ex-prefeito de Campina Grande Veneziano Vital do Rego (MDB), na condição de Senador da República, aloca recursos do Orçamento da União no valor de R$ R$ 2.391.283,00 para viabilizar a construção em João Pessoa do Parque Linear Parahyba III, a sua cidade natal Campina Grande vê-se obrigada a paralisar as obras do Parque Linear Dinamérica, maior projeto de intervenção urbana em área de esporte e lazer da história do Município.

O mais intrigante da notícia é que a paralisação está sendo atribuída, pelo prefeito Bruno Cunha Lima (PSD), exatamente a Veneziano, mas não necessariamente por ele estar irrigando de boas verbas a prefeitura da Capital nem muito menos por estar dando as costas para Campina Grande.

Procurada pela reportagem d’APALAVRA para informar as razões da paralisação da obra, a prefeitura informou que um dos motivos mais danosos diz respeito a uma das "heranças" deixadas pelo ex-prefeito Veneziano: o PNAFM, um programa de modernização fiscal, empréstimo contraído em dólares.  

- “Já sabemos que houve um problema de origem: o início do pagamento era para se dar em 2009. Ele não pagou! Não pagou em 2010; não pagou em 2011, não pagou em 2012, ficando, portanto, a conta para ser paga a partir de 2013. Romero passou oito anos tendo que pagar duas parcelas de R$ 460 mil dólares nos oito anos. Ano passado, essa dívida entrou no rol das que foram congeladas.

Campina Grande ganhará Parque Linear, maior projeto de intervenção urbana  nas áreas de lazer, esporte e arborização da história – Turismo em foco –  Tudo do turismo no Brasil e MundoCom o fim da vigência da lei que beneficiou estados e municípios no primeiro ano da pandemia, a conta veio este ano - só que de forma integralizada e com reajustes além do dólar. O Município está forçado a pagar mais de R$ 6 milhões de uma só vez, sob risco de sofrer sequestros de recursos”, informou o jornalista Marcos Alfredo Alves, coordenador de Comunicação do Município.

Segundo Alfredo, o ritmo da obra foi redimensionado por conta de duas circunstâncias negativas: a primeira foi essa da irresponsabilidade gerencial de Veneziano. E a segunda o alto volume de recursos que o Município  passou a ter de transferir para a Saúde, desde janeiro.  

- “O que era uma transferência da ordem de R$ 1,8 milhão mês, já está em quase R$ 5,4 milhões. Resultado: nos três primeiros meses de 2021, os cofres municipais tiveram de injetar mais recursos do que tudo que foi transferido no ano passado. O agravante é que, na prática, neste ano de 2021, o Município só recebeu menos de 1 quinto do que foi transferido no mesmo período de 2020 pelo governo federal, já a vigência da lei que impulsionou essas transferências perdeu a vigência no final do ano”.

Marcos Alfredo conta que aí vem uma segunda questão: “A medida permitiu que os valores destinados dentro de um ano fossem executados no ano posterior, mesmo que não inscritos em restos a pagar (despesas de um ano que são pagas no ano seguinte). Hoje, após essa trégua, os recursos não inscritos têm que retornar aos cofres federais. Portanto, muitas dívidas que estavam represadas passaram a ser cobradas, com valores majorados”, informou dando o exemplo desastroso do calote no Governo de Veneziano.

O PARQUE DINAMÉRICA

Campina Grande ganhará Parque Linear, maior projeto de intervenção urbana  nas áreas de lazer, esporte e arborização da história – Turismo em foco –  Tudo do turismo no Brasil e Mundo
Trata-se do maior projeto de intervenção urbana em área de esporte e lazer da história de Campina Grande, com um investimento projetado de R$ 18,6 milhões, numa área total beneficiada de quase oito hectares, ao longo de todo o canteiro da via.

A meta é a melhoria da qualidade de vida da população, sendo mais um sonho que o campinense esperava sea tornar em realidade em breve espaço de tempo.

O Parque Linear do Dinamérica foi projetado para contar com diversos equipamentos, entre eles transitolândia, ampla área esportiva (com diversas quadras e academias populares), Vila Fogos (abrigando comerciantes do setor), passarela, jardim sensorial, espaço autista, rotatória dos artistas (homenageando grandes nomes da música regional), rotatória de São João (enaltecendo o Maior São João do Mundo), praça de alimentação e food truck.

Campina Grande ganhará Parque Linear, maior projeto de intervenção urbana  nas áreas de lazer, esporte e arborização da história – Turismo em foco –  Tudo do turismo no Brasil e Mundo
A área será totalmente arborizada, com moderna iluminação de LED, contando com passarelas sobre vias de tráfego intenso.

A iniciativa é fundamental para a melhoria da qualidade de vida de quem mora na região do Dinamérica e comunidades vizinhas, pois estarão disponibilizados equipamentos comunitários que vão revolucionar os segmentos de urbanização, lazer e prática esportiva no setor, sem se falar na política de inclusão adotada, pois tudo vai facilitar a acessibilidade de pessoas com deficiência.

A construção do novo parque será fator fundamental para a valorização imobiliária da região, como também para a expansão das atividades econômicas instaladas ao longo do parque linear.

- “Os ganhos serão múltiplos em diversos setores, como lazer, cultura, turismo esportes, economia, mobilidade urbana, inclusão social, segurança e muitos outros benefícios graças a um projeto realmente inovador e modelar”, destacou o prefeito da época, Romero Rodrigues.

Campina Grande ganhará Parque Linear, maior projeto de intervenção urbana  nas áreas de lazer, esporte e arborização da história – Turismo em foco –  Tudo do turismo no Brasil e Mundo
A concepção da obra é do arquiteto Murilo Cabral (que atuou, ao lado de outros técnicos, arquitetos e engenheiros na concepção do projeto de urbanização).

O PARAHYBA III

As obras do Parque Linear Parahyba III, localizado no bairro do Bessa, em João Pessoa, terão seus trabalhos executados graças a uma emenda parlamentar do Senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB) ao Orçamento Geral da União – OGU de 2020.

A obra tem um valor global de R$ 2.630.528,00 sendo R$ 2.391.283,00 da emenda parlamentar do campinense, mais R$ 239.245,00 de contrapartida do Governo do Estado da Paraíba. Com a liberação, através do Convênio nº 899252/2020, o governo pôde dar início à construção do equipamento que, após sua conclusão, será uma ampla, moderna e importante área de lazer e de prática esportiva para os moradores do bairro do Bessa e região, somando-se ao Parque Parahyba I e ao Parque Parahyba II.

Fonte: Da Redação




Comentários realizados

  • 22/06/2021 às 14:01

    José Marcos de Lima.

    O senador Veneziano Vital do Vego, em um gesto de desespero trama tamanha barbaridade contra Campina Grande. Issi vem desde o governo de ex prefeito Romero Rodrigues. Como sua maldade, juntanente com seus familiares nao deram certo. Agora eles tramam contra o atual prefeito Bruno Cunha Lima. Mas a sua maldade tambem nao logrorar efeitos. Maior doque a ganancia, a maldade e a vontade de Deus que tudo pode.

  • 22/06/2021 às 12:51

    José Marcos de Lima.

    Tudo e uma questao de desespero tanto do ex prefeitio Veneziano Vital do Rego juntamente com o atual governador Joao Azevedo. Tanto o ex prefeito Romero Rodrigues como o atual prefeito Bruno Cunha Lima, fazem a diferenca. Ambos sao sinónimo de HONESTIDADE.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias