Campinense perde para a Aparecidense, no Amigão, e vai em desvantagem para decisão da Série D

08/11/2021
(Foto: Samy Oliveira / Campinense)
(Foto: Samy Oliveira / Campinense)

O Campinense perdeu por 1 a 0 para a Aparecidense e irá em desvantagem para a decisiva partida da final da Série D que acontece no próximo sábado, no Estádio Aníbal Toledo, em Aparecida de Goiânia. Agora a Raposa precisa vencer a partida por pelo menos um gol de diferença para seguir viva na luta pelo título da Série D do Brasileirão. Com o revés, o time de Campina Grande viu cair uma invencibilidade de 14 partidas na 4ª divisão nacional.

A Raposa tentou, tentou e tentou, mas esbarrou em uma partida memorável do goleiro Pedro Henrique, da Aparecidense, que garantiu a vitória de sua equipe pelo placar mínimo em pleno Estádio Amigão. O gol do Camaleão foi marcado por David, ainda no primeiro tempo, após falha na saída de bola do time da casa.

Quem teve a oportunidade de acompanhar a partida da tarde deste sábado viu um jogo equilibrado, com as duas equipes buscando o resultado. O Campinense, mesmo com uma série de desfalques, empilhou chances criadas, mas esbarrou na ineficiência do seu setor ofensivo e também na partida magistral do camisa 1 goiano, que, em pelo menos 5 oportunidades, impediu que o time da casa igualasse o marcador.

Com a vantagem de um gol no placar agregado, a Aparecidense precisa apenas de um empate para erguer a taça de campeã brasileira da 4ª divisão em 2021. O Campinense, por sua vez, precisará vencer por, pelo menos, um gol de diferença para levar a decisão para os pênaltis. Em caso de vitória por dois ou mais gols de diferença, o título vai para Campina Grande. A partida de volta acontece no próximo sábado, às 15h, no Estádio Aníbal Tôledo, em Aparecida de Goiania.

FICHA TÉCNICA

CAMPINENSE: Mauro Iguatu; Felipinho (Dênis), Michel Bennech, Ítallo e Filipe Ramon (João Victor); Serginho Paulista, Patrick e Dione (Edinho Corrêa); Fábio Lima (Cláudio), Vitinho e Anselmo. Téc.: Ranielle Ribeiro.

APARECIDENSE: Pedro Henrique; Rafael Cruz, Wanderley, Wesley Matos e Bruno Henrique (Mutuca); Rodrigues, David (Negueba), Rodriguinho e Robert; Gilvan (Flávio Henrique) e Rafa Marcos (Marinho). Téc.: Thiago Carvalho.

Fonte: Assessoria




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias