Fotógrafo Emanuel Tadeu recebe prêmio com exposição fotográfica do São João de Campina Grande na pandemia

15/12/2020

O trabalho ‘O Descolorir da Tradição – Sonhos em Quarentena’ do fotógrafo e publicitário Emanuel Tadeu recebeu o Prêmio Amelinha Theorga, que tem incentivo da Lei Aldir Blanc. A exposição foi realizada de forma virtual durante o mês de junho e retratou como estavam as personagens que fazem parte do São João de Campina Grande, suspenso em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Todas as fotos foram acompanhadas por poemas do poeta cordelista Lima Filho.
 
A exposição foi feita toda em preto e branco e mostrou imagens de profissionais como cantor, costureira, sanfoneiro, apresentador e quadrilheiro em uma época em que deveria ser o aquecimento para o Maior São João do Mundo, mas que em decorrência da pandemia estava tudo parado.

“Estava acostumado a fotografar o brilho intenso, as cores vivas da festa, mas precisei destinar todas as cores à saúde que sempre será nossa maior prioridade. Sendo assim, o momento foi todo retratado em preto e branco traduzindo o drama vivido por todos nós”, explicou o fotógrafo.

A imagem pode conter: 1 pessoa, sentando
 
Emanuel contou que as fotos relataram a descontinuação das cores da vida e mostram também os sonhos, em quarentena, daqueles que são os maiores responsáveis por fazer o Maior São João do Mundo acontecer em Campina Grande (PB).

Fotos em preto e branco mostram São João de Campina Grande na pandemia |  Agência Brasil

A exposição ganhou destaque nacional, sendo noticiada por diversos veículos de comunicação. Agora, ela recebe o prêmio na categoria artes visuais e fotografia que valorizem, registrem e compartilhem o trabalho desenvolvido por artistas visuais, fotógrafos e fotógrafas, para fins de constituição do Acervo da Cultura Paraibana – Memorial da Pandemia.
 
Autores da exposição

Emanuel Tadeu da Silva tem 25 anos e é natural de Campina Grande. Ele é graduado em Comunicação Social com Habilitação em Publicidade e Propaganda e atua como fotógrafo há seis anos. Nos últimos cinco anos fotografou o Maior do São João do Mundo e teve fotos publicadas em veiculas nacionais e internacionais. Emanuel costuma fotografar o cotidiano de Campina com muita sensibilidade, a exemplo do registro das ruas da cidade vazias em período de pandemia.

Exposição virtual: publicitário retrata isolamento social dos profissionais  que trabalham no São Joao de Campina - Cesrei Faculdade
Lima Filho é natural de Campina Grande. É produtor cultural, compositor e poeta cordelista e realiza trabalho com cordéis personalizados e apresentação de eventos em cordéis com seu personagem Virgulima de Campina. Ele é produtor dos festivais de quadrilhas juninas de Campina Grande, Produtor do Quadrilhando e Por do Sol Cultural. Também desenvolve um trabalho artístico no Coletivo Cordel Paraíba com músicas e poesias.
 
Fonte: Assessoria




Comentários realizados

  • 16/12/2020 às 00:17

    Laryssa Myrelle Lourenço de Paiva

    Parabéns Manu vc como sempre arrasa seu projeto ficou lindo,mais que merecedor,vc é um fotógrafo único, observa a beleza das coisas e coloca sensibilidade em tudo que faz. Fica com Deus meu amigo 😘

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias