Sindicatos querem piso de R$ 1.294, a partir de 1º de Julho, para os comerciários

07/06/2021

A Campanha Salarial dos empregados no comércio do estado da Paraíba, lançada conjuntamente com os Sindicatos dos Trabalhadores de Campina Grande, Patos e Cajazeiras, de forma virtual, trouxe como proposta do piso um valor de R$ 1.294,00, a partir de  1º de julho, data base da categoria. Para quem ganha acima, os sindicatos representantes dos comerciários estão defendendo 10% de reajuste.

 Vários outros pontos constantes na Convenção Coletiva vigente, envolvendo as cláusulas econômicas e sociais foram mantidos no documento referendado na Assembleia Geral dos comerciários, por ocasião da discussão e lançamento da Campanha Salarial unificada/2021/2022.

O presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Campina Grande, José do Nascimento Coelho, explica que a Campanha unificada reforça a luta dos trabalhadores para sensibilizar os empregadores a atenderem suas reivindicações.

A pauta aprovada na Assembleia Geral virtual, realizada no último dia 29, será encaminhada na próxima semana aos sindicatos patronais, para que seja avaliada e devolvida aos sindicatos dos trabalhadores.

(Dúvidas: José do Nascimento Coelho - 83) 3321-3765/99110-8652)

TRABALHADORES DOS SERVIÇOS ESSENCIAIS TERÃO DIREITO A ABONOS PELO DIA TRABALHADO NO FERIADO DE CORPUS CHRISTI

As empresas que fazem parte do setor de serviços essenciais, como supermercados, hipermercados e farmácias, que ficaram fora do último Decreto do Governo Estadual (Medidas Restritivas), e que funcionarão no feriado de Corpus Christi, nesta quinta-feira (03), terão que pagar os abonos aos seus trabalhadores de acordo com a Convenção Coletiva da categoria em vigor.

Empresas com até dez funcionários terão que pagar o abono no valor de R$ 38,50  e as que tenham em seu quadro funcional acima de dez trabalhadores, R$ 45,80, mais a folga até 30 dias, segundo informou o presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Campina Grande e Região, José do Nascimento Coelho.

Quanto aos trabalhadores do setor de farmácias, explica Coelho, os mesmos receberão pelo trabalho no feriado, o abono no valor de R$ 40,00, além da folga até 30 dias.

O trabalhador que tiver dúvidas sobre seus direitos, lembra Coelho, deve procurar o Sindicato laboral, que se encarregará de encaminhar as denúncias aos órgãos competentes para providências, entre eles o MPT - Ministério Público do Trabalho e a Gerência Regional do Trabalho e do Emprego.

(Suas dúvidas consulte: José do Nascimento Coelho (83) 3321-3765/99110-8652)

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Sindicato dos Empregados no Comércio de Campina Grande e Região, vem informar aos empregados no comércio que, o trabalhador demitido 30 dias antes da data base da categoria (1º de julho) fará jus a uma indenização no valor igual ao seu vencimento, de acordo com o artigo 9º da CLT.  

Caso o trabalhador venha a se enquadrar nesta situação e tenha dúvidas,  procure imediatamente o Sindicato representante, que  estará à disposição para atender aos comerciários, especialmente aqueles que porventura venham a perder seus postos de trabalho neste mês de junho.

A DIRETORIA

Fonte: Da Redação com Assessoria




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias