Presidente do STF convida jurista campinense para ser parecerista de revista da Corte

15/03/2021

O jurista campinense Talden Queiroz Farias acaba de ser convidado pelo ministro Luiz Fux, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), para integrar o corpo de pareceristas da SUPREMA, revista de estudos constitucionais da Corte cuja edição inaugural está com  lançamento previsto para o próximo mês de abril.

Explica Fux em ofício encaminhado ao advogado que a SUPREMA pretende difundir textos acadêmicos das mais diversas áreas do direito público e privado, possibilitando a circulação do conhecimento gerado em pesquisas críticas, baseadas em abordagens teóricas e empíricas, a fim de propiciar um espaço qualificado para um diálogo acadêmico de impacto.

Graduado em Direito pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB, mestre em Ciências Jurídicas pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), doutor em Recursos Naturais pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e doutor em Direito pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) com distinção e louvor, Talden farias fez estágio de doutoramento sanduíche pela Universidade de Paris 1/Pantheón-Sorbonne (bolsa CAPES-COFECUB).  

Alem de advogado e professor de Direito Ambiental da UFPB e da UFPE, é autor dos livros “Licenciamento ambiental: aspectos teóricos e práticos” (7. ed. Fórum, 2019), "Introdução ao direito ambiental" (Del Rey, 2009) e “Direito ambiental: tópicos especiais” (UFPB, 2007), além dos vários artigos científicos e capítulos de livros. É organizador de várias obras, a exemplo de "Direito ambiental atualizado" (RT, 2019), “Planejamento urbano de energias renováveis: diálogos franco-brasileiros” (Editar, 2016) e "Direito ambiental: o meio ambiente e os desafios da contemporaneidade" (Fórum, 2010).  

É líder do Grupo de Pesquisa em Direito da Cidade, Meio Ambiente e Desenvolvimento, cadastrado junto ao CNPq.



Fonte: Da Redação 




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias

Mais Lidas