Romero cria CIDADE DO FORRÓ e São João 2018 já não terá mais QG no Parque do Povo



A extensa área de sete hectares em Santa Terezinha (BR-230 na saída para João Pessoa) que abrigava o tradicionalíssimo Clube dos Caçadores de Campina Grande, desapropriada em dezembro passado pelo prefeito Romero Rodrigues (PSDB) sob a justificativa de em parte dela construir uma escola para capacitação de professores da rede municipal de ensino, terá outra destinação.

Com projeto ousado e já em fase de finalização, trabalho feito em segredo até mesmo da maioria do secretariado, no local será erguida a CIDADE DO FORRÓ, equipamento para onde se transferirá o Quartel General d’O Maior São João do Mundo, desafogando assim a área central da cidade, que no mês de junho inferniza a vida do cidadão comum com fechamento de ruas e engarrafamentos de trânsito.

Quando desapropriou a área Romero garantiu que manteria intactas algumas partes do Clube dos Caçadores, dentre elas o campo de futebol e o parque aquático, para atividades estudantis e de lazer. Também garantiu que destinaria espaço para criação e estudo de animais silvestres.

Mas agora ele mudou de ideia e há inclusive a previsão de que parte das terras do deputado Guilherme Almeida, limítrofes às do antigo clube, também sejam desapropriadas para abrir vagas de estacionamento de veículos para a ‘Cidade do Forró’.

A PALAVRA apurou que tão logo o projeto arquitetônico da cidade seja concluído, possivelmente ainda neste mês de junho, o prefeito solenemente faça o anúncio oficial da medida, uma vez que seria seu desejo já realizar os festejos juninos de 2018 na nova área.

A fonte que repassou a informação para A PALAVRA, que inclusive teve acesso a detalhes do projeto, adiantou que a CIDADE DO FORRÓ, diferentemente do que hoje ocorre com o Parque do Povo, funcionará todos os meses do ano e não somente em junho.

CLUBE HISTÓRICO
O Clube dos Caçadores de Campina Grande nasceu através da ideia de um grupo de caçadores, cujo hobby obviamente era a caça, permitida na época, e que em sua grande maioria era praticada pela chamada elite de Campina Grande e de cidades circunvizinhas.

Os primeiros sócios se reuniram na primeira metade do século passado para a fundação do clube, cujo objetivo era oferecer lazer não só aos próprios caçadores, mas a todos os seus familiares.

Nas décadas de 70 e 80 do século passado o clube era considerado um dos ‘points’ de lazer de Campina Grande, com festas memoráveis no São João e no Carnaval. Depois, entrou em declínio, até a sua efetiva desativação.

NA JUSTIÇA
O Decreto que desapropriou o Clube dos Caçadores é o de número 4.281, de 22 de dezembro de 2016, e está sendo objeto de discussão jurídica em feito tramitando no Fórum local, onde diretores da agremiação reclamam do baixo valor pago pela prefeitura - R$ 2 milhões.

Segundo a fonte, é provável que uma audiência conciliatória proposta pelo Juízo, a acontecer nos próximos dias, ponha fim à demanda com o reajuste do valor reclamado.

Fonte: Da Redação
 




Comentários


  • Fábio Gouveia 15.06.2017
    Vindo de um prefeito do PSDB , não há surpresa ... Eles costumam dá golpes em seus eleitores ... Quando e onde seus eleitores, que o elegeu em primeiro turno, foram consultados???? Como se tem 2 milões para comprar um chiqueiro daquele e nossos postos de saúde funcionam em casas de aluguel em decomposição, onde não há uma cobertura nos pontos de ônibus e os equipamentos publicos estão em pleno abandono, tipo , O meninão e a vila Olímpica, a guarda municipal não tem uma viatura. Parabéns eleitores dos limas rsrsrsrsrsrs

  • Keka 15.06.2017
    Ideia ousada Sr Prefeito! E acredito que não seja ilógica pois já passou da hora do Parque do povo crescer e no local que o mesmo está situado torna-se inviável...Mas, se o meu humilde pedido for visto: não acabe de vez com o espaço do Parque do povo. Esse local é histórico, marcante na vida de todo campinense. Não moro mais em Campina Grande, mas sempre que vejo ou vou ao Parque do povo me sinto de volta minha cidade, as raízes das quais tanto me orgulho. Desejo muita sabedoria e iluminação na idealização do projeto.👏🏻👏🏻👏🏻

  • Bruno Lourenço 15.06.2017
    Parabéns Romero ja estava em tempo por essa ideia em prática,só vai engradecer mais ainda a festa

  • natã 15.06.2017
    Concordo, desde que não seja o arquiteto Carlos Alberto que faça o projeto

  • Robson 15.06.2017
    Já não era sem tempo, esse parque do POVO no centro da cidade já se tornou sem lógica por ocasionar um grande transtorno ao povo e no trânsito, que saia dali o mais rápido possível, parabéns prefeito, embora não tenha mais o meu voto mais essa atitude se for verdade será válido.

  • Salete Maria 15.06.2017
    Sinceramente ,mero absurdo ,contra fatos nāo existem argumentos sr Prefeito ,meu voto e da minha família vc nāo mais ver,o sr é da elite ,chega a ser ridículo sua postura.Local mais vulnerável a riscos de acidentes altomobilísticos ,pensa nisso nâo né?Sei nem se o sr pensa e acha pouco 30 dias quer q funcione o ano todo ,ah tá p quem vive as custas do dinheiro público pode!O sr é uma vergonha de prefeito nâo só por isso ,mas por toda sua atuaçāo em mandato caótico.

  • Belick jaffar 14.06.2017
    Se no centro da cidade a falta de seguranca ja e grande imagina proximo a br vai ter assalto de dia e de noite, é al em do mas vai tirar a originalidade do evento papo reto.

  • Herberth Regis 14.06.2017
    Uma grande ideia do Prefeito Romero Rodrigues . Esta de parabéns . Sugiro que ele preserve o patrimônio histórico do clube e crie uma escola de forró , associado a curso de tudo que for arte e esteja associado a cultura popular . Fazendo convênios com as universidades estadual , federal e particular . Este equipamento deve funcionar perenemente e se transformar na maior atração turística e cultural da cidade .

  • Gilson 14.06.2017
    Porquê não aumentar o pp abrindo acesso ao açude novo, como a desapropriação das casas em torno do pp

  • Thatá 14.06.2017
    Muito sem noção!! o Parque do povo, vulgo #partiupp, já é simbolo do nosso Maior São João do Mundo. E outra, essa história de fazer barulho na CLIPSI é bobagem, meu irmão já foi internado nessa época de festejos e nem barulho dá pra escutar direito. E do trânsito no centro não afeta em nada, moro quase colado ao PP e não tive nenhum transtorno até agora. Enfim... Sr Prefeito não faça bobagem!

  • Wagner 14.06.2017
    Esse prefeito só da bola dentro. PQP, ou prefeito bom

  • Valério 14.06.2017
    Alguém já percorreu a periferia da cidade? Já visitou os postos de saúde e escolas da rede Municipal? Etc, etc... ... Acho, que existem formas bem melhores de se gastar o dinheiro público. Quanto ao São João de Campina, pelo menos este ano, está mais para uma corruptela da festa do peão de Barretos. Lamentável!

  • Dimitri 14.06.2017
    Pode ter certeza, se isso vier a acontecer, o maior São João do mundo vai acabar. Minha gente, São João é no Parque do Povo, quando te perguntam pra onde vc vai, vc diz que vai pro São João ou pro Parque do Povo (PP)? São joão em Campina Grande não pode ser em outro lugar, e a pirâmide, simbolo do Maior São João do Mundo??? Já começaram a acabar com a festa tacando um monte de Sertanejo e outros estilos que não se enquadram com o período junino. Esse novo local só vai elitizar ainda mais a festa, com certeza vai ser cobrada entrada, estacionamento tbm, de tão longe vc vai ter de ir de carro, bem a festa mais democrática da cidade vai acabar, onde tem rico e tem morador de rua, e todo mundo brinca feliz. Lamentável, sempre votei em Romero, mas se o São João sair do PP eu não voto nele nunca mais.

  • Camilo 14.06.2017
    Ótimo que se tire aquele tumulto da área Central, que sempre causou transtornos no centro e barulheira no hospital da clipsi, melhor mesmo era que transformasse o ocioso e feio parque do povo em um parque, tipo o parque da criança com muita arborização

  • Eliane Basílio de Souza 14.06.2017
    Pronto agora acabou de vez o São João da classe trabalhadora,a vez vai ser para a classe média e mais elevada que dispõe de recursos para se deslocar até o local. Também perde totalmente suas características, abandonar o local onde tudo começou desrespeitando os criadores da maior festa popular do Nordeste. Na minha opinião muito sem lógica isso sem consultar a população.

  • Gabriela 14.06.2017
    Palhaçada se isso for verdade. O parque do povo já é característica do São João de Campina, um local central de fácil acesso para todos. E o sr. Prefeito não pode tomar uma decisão dessa sem consultar a população campinense... Vergonha!

  • Robson Cesar Albuquerque 14.06.2017
    ROMERO RODRIGUES. Apoiadoooo. Ja estava na hora de fazer alguma coisa para ampliar nossa festa. A cidade só tem a crescer com esse investimento, visto que é conhecida pelo MAIOR SÃO JOÃO DO MUNDO. Com isso a cidade cresce e todos ganham. Nem jesus Cristo agradou a todos. E quem não gostou dessa ideia é pq so pensa em si. Um festa desse porte, no centro da cidade não tem condições. Boa ideia. apoiado.

  • Marcelo 14.06.2017
    Ótima ideia. Desafoga o trânsito; gera paz para os moradores do entorno do PP e tranquilidade para os pacientes internados na Clipsi, enfim, toda evolução gera discussão. Não sou partidário de A ou B e estou avaliando como cidadão. O local é acessível sim e expande as fronteiras da cidade. Depois, verificar a necessidade de expandir as rotas de ônibus para atender ao traslado de todos. Parabéns pela iniciativa.

  • Inácio 14.06.2017
    Seria muito bom se fosse verdade , se o prefeito fizer isso ele ganhará pontos , porque o parque do povo está horrível uma bagunça na cidade e congestionamento no centro parabéns prefeito, apóio sim

  • Divan 14.06.2017
    Creio que deve ser mentira, caso seja verdade fico pensando este ano foi sertanejo o próximo ano tira do berço e em 2019 qual será a próxima lambança?

  • André 14.06.2017
    É uma decisão questionável, mas vejamos o atual PP não comporta mais a festa, isso é sabido. Sim, tem gente que não tem condições mas isso não é desculpa, quem vai pra festa leva o dinheiro nem que seja do busão. Vejo o aperreio que é faz evazar o público depois de um show grande no parque do povo, imagina ali um tumulto, não tem pra onde o povo correr. É preciso um espaço mais amplo, o dobro do espaço, principalmente no que se refere ao local dos shows principais.

  • Márcio 14.06.2017
    34 anos de PP tatuaram no imaginário de Campina o Maior São João do Mundo. Mas tudo muda o tempo todo no mundo é em Campina não é diferente. A população cresceu, o nosso evento junino tomou proporções gigantescas, nossas quadrilhas juninas tbm se modificaram muito, enfim tudo se transformou. Um novo e ainda mais grandioso São João em Campina já é necessário. A incorporação do Clube dos Caçadores pode sim significar a refundação do evento e torná-lo ainda mais grandioso. E não precisa abandonar o PP de tantas glórias e paixões juninas. Aqui é lá podem e devem ter suas programações, suas complementaridades. Agora prefeito Romero, a gente fica ver o Meninão e entorno se deteriorando assim como outros equipamentos públicos de propriedade do município, estado e união que poderiam ser reutilizados, ressignificados e servirem de palco para nosso evento junino, com menores custos ao contribuinte e o senhor, prefeito, destinar grande volume de recursos públicos (leia-se dinheiro do contribuinte) para comprar uma área e torná-la um equipamento público, tendo a propriedade de tantos outros subutilizados... sinceramente prefeito Romero, falta-lhe o mínimo de consideração ao povo e sobra-lhe autoritarismo e má gestão dos recursos públicos. Me permita a franqueza senhor prefeito.

  • Espínola 14.06.2017
    Ótima iniciativa, diminuirá o índice de Crimes cometidos dentro e nas imediações do PP. adeus maloqueiros !

  • GUSTAVO GALLARDO 14.06.2017
    E QUE TAL ABRIR UM TÚNEL POR BAIXO DA 13 DE MAIO E COMUNICAR COM A OUTRA PARTE DO PARQUE ??????

  • Anderson 14.06.2017
    Mais uma cagada se isso for verdade, tirar de um lugar central para dificultar o acesso para quem não tem condições financeiras! Aí pode colocar o nome de maior são João dos ricos do mundo

  • Maria 14.06.2017
    Isso é absurdo pois acho que ele não tem esse direito pois além de ser longe pra todos não é todo mundo que tem carro e já tirou o forró pq esse ano não tem nada a ver com forró.nos estamos na cidade do forró e não sertanejo.

  • Herber 14.06.2017
    Acho uma ótima idéia, vai desafogar literalmente nossa cidade e melhor, vai criar um espaço para a festa praticamente dentro da cidade em uma excelente espaço físico e melhor ainda "projetada". Já estava na hora! Parabéns Prefeito!!

  • Eduardo Wolfgramm 14.06.2017
    Ana Maria, o século atual se iniciou no ano 2000 se você já era viva deve-se lembrar das comemorações de virada do século, estude um pouco mais e não passe vergonha na internet.

  • Edelson sebastiao d olveira 14.06.2017
    Prefeito safado.!! Nao voto mas nele..... Bandido. Bandido

  • Neide Dias 13.06.2017
    Difícil imaginar o São João fora do Parque do Povo, mais difícil ainda imaginar o São joão tão distante do povo. Mas já que segundo os estudos o local hoje já não comporta mais a festa de tão grandiosa que ela se tornou, tenho como sugestão que seja aproveitado o grande espaço do MENINÃO que é um terreno público municipal e de fácil acesso para toda população. Como dica sugiro uma consulta popular ao senhor prefeito.

  • Kátia Halule 13.06.2017
    C certeza será o começo do fim do São João em Campina Grande!!! Claro q se as obras forem concluídas ano q vem vai ser lá, mais vai perder a tradição de nossa festa no grande quartel general do forró, Ele (o prefeito) mais uma vez tomando suas decisões em benefício próprio, como chamando sertaNOJO p cantar na nossa festa e agora mudança de lugar, preparem-se q acabou o São João, assim como o outro acabou c a micarande!!!

  • Tatiane 13.06.2017
    O são João de 2017 foi feichado para preparar a população de uma​ possível privatização .Apenas Isso! Maior são João do Mundo? Acabou Festa do povão?Acabou.

  • Ana Maria 13.06.2017
    Esqueceram que que os anos 70 e 80 não é do século passado 😣😣😣

  • Márcio Marques 13.06.2017
    Mais cedo ou mais tarde isso ia acontecer.O PP já estava sufocado pelo stress de uma cidade inquieta ,mas em um processo de crescimento.Quando se torna inviável não tem o que se discutir.

  • Sérgio Ricardo 13.06.2017
    Como é que o prefeito de uma cidade de quase 500 mil habitantes toma uma decisão unilateral de um investimento de grande soma sem que a população tome conhecimento? E o mais agravante, ter desapropiado a área com um objetivo e depois do nada querer fazer outra coisa. Eu acho que temos outras prioridades Sr.prefeito, pense nisso!

  • Paulopintto@bol.com.br 13.06.2017
    Uma lusao a cidade do Rock no Rio, é muita pretensão, pessoa sem criatividade, só cópia idéias

Comentar


Sidebar Menu