Polícia encerra operação 1º de Maio com 83 suspeitos presos em mais de 30 cidades paraibanas



A operação 1º Maio, realizada pela Polícia Militar das 19h da última sexta-feira (28) até 23h59 dessa segunda-feira (1º), terminou com a prisão de 83 suspeitos de roubo, tráfico de drogas, tentativa de homicídio, porte ilegal de arma, furto e crime ambiental, em 33 cidades paraibanas. No período, a PM cumpriu nove mandados de prisão contra acusados de vários crimes e que estavam sendo procurados pela Justiça.

A Polícia Militar apreendeu na operação 16 armas de fogo nas cidades João Pessoa, Boa Vista, Bayeux, Serra da Raiz, Cajazeiras, Cabedelo, Monteiro, Junco do Seridó, Areial, Campina Grande, Serra Branca, Capim e Itaporanga, sendo nove revólveres, cinco espingardas e duas pistolas.

A ocupação dos locais suspeitos de serem utilizados para o tráfico e consumo de drogas resultou na prisão e apreensão de 14 pessoas na capital, em Bayeux, Santa Rita, Princesa Isabel e Campina Grande. Foram mais de 500 trouxas de maconha retiradas de circulação e 224 pedras de crack.

Ainda na operação, que atendeu 2.184 solicitações e intensificou as blitzen, abordagens e rondas em várias partes do Estado, a Polícia Militar recuperou 10 veículos com queixas de roubo ou furto.

Combate aos crimes ambientais

O Batalhão de Polícia Ambiental resgatou no feriadão 170 aves silvestres que estavam sendo comercializadas nas feiras de João Pessoa, Campina Grande, Pedras de Fogo, Bayeux e Santa Rita. Nas ações de combate aos crimes ambientais, 17 pessoas foram presas, sendo nove por comercializar aves silvestres e sete por praticarem desmatamento em área de preservação ambiental. Ainda na operação, dois equipamentos de som foram apreendidos em Santa Rita.

Fonte: Secom-PB




Comentários


Comentar


Sidebar Menu