Número maior do mundo: Campina perdeu durante o São João mais de 200 mil passageiros nos seus ônibus urbanos



O poderoso e influente diretor institucional do Serviço de Transporte Público de Passageiros por Ônibus do Município de Campina Grande (SITRANS), Anchieta Bernardino, que acumula no Município a função de presidente do ineficiente Conselho de Segurança Pública, colegiado que reúne diversas forças da área e que no passado foi presidido pelo então vice-prefeito Ronaldo Cunha Lima Filho para se contrapor às ações do Governo do Estado, botou água geladíssima na fervura de sucesso do prefeito Romero Rodrigues (PSDB), no que tange às ações d’O Maior São João do Mundo 2017.

Em contraponto ao que diz o prefeito, de que todos os números da festa foram superados este ano, Anchieta prova que as empresas de ônibus de Campina Grande perderem pelo menos 200 mil passageiros no mês de junho, notícia realmente devastadora.

Os números apontam que os ônibus que circulam na cidade perderam, em média, quase sete mil passageiros por dia. As causas do prejuízo, segundo Anchieta Bernardino, estariam não somente no prolongamento da greve da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), mas também no aparecimento de outros meios de transporte ilegais no Município.

“Hoje em dia temos muitos meios de locomoção na cidade. Quem quiser pode fazer o transporte de passageiros, então isso dificulta muito a operacionalização do transporte coletivo. Somado a isso, temos a greve da universidade que nos tira uma parcela importante de estudantes que usufruem do ônibus para se locomover até a instituição”, explicou.

O detalhe é que a grande quantidade de passageiros que deixaram de andar no transporte público de Campina Grande contrasta com o fato de que no mês de junho foi realizado o Maior São João do Mundo e, portanto, a expectativa era de que os ônibus registrassem mais usuários.

Para Anchieta Bernardino, os órgãos municipais e estaduais estão ineficientes e devem implantar politicas públicas que combatam o transporte ilegal de passageiros e incentivem a população a usar o transporte público no dia a dia. “É importante que as pessoas se conscientizem e deixem os carros em casa e usem o transporte público. Quanto mais o transporte público estiver fortalecido, mais qualidade ele vai poder proporcionar aos passageiros ”.

 

Fonte: Da Redação




Comentários


  • Maruia Bernadete Oliveira Medeiros 13.07.2017
    Discordo plenamente do "todo poderoso" como diz MM. Porque será que o transporte público municipal de Campina Grande vem perdendo usuário, não é por causa de transporte clandestino não, se os ônibus fossem de qualidade, limpos, bem tratados, bem cuidados, tivesse conforto, pelo menos fosse varrido e limpo todos os dias, até barata se ver nos ônibus daqui Sr.todo poderoso, ninguém ia pagar mais caro, com certeza usaria o transporte público. Pergunta se ele deixa o carro dele em casa e usa o transporte público. Não estou defendendo A ou B, até porque não sei a quem compete os investimentos no transporte público, ele cobre que todos os envolvidos no assunto faça sua parte, não venha só botar a culpa em outras alternativas de transporte, que só existe porque a pública deixa a desejar e muito.

Comentar


Sidebar Menu