Convenção faculta funcionamento do comércio no feriado de Corpus Christi

Comércio na Rua Maciel Pinheiro, em Campina Grande (Foto: Junot Lacet Filho/Jornal da Paraíba)
Comércio na Rua Maciel Pinheiro, em Campina Grande (Foto: Junot Lacet Filho/Jornal da Paraíba)

O comércio de Campina poderá funcionar nesta quinta-feira (15/06), Dia de Corpus Christi, sendo os lojistas obrigados a respeitar os direitos dos trabalhadores garantidos na Cláusula Vigésima Quinta da Convenção Coletiva de Trabalho da categoria comerciária.

Conforme o estabelecido na Convenção, as empresas que pretendem utilizar os trabalhadores para laborarem no feriado desta quinta-feira, poderão fazê-lo, desde que paguem os abonos da seguinte forma: R$ 36,00 (empresa com até dez empregados) e R$ R$ 43,00 (empresa com mais de dez funcionários), mais a folga até 21 dias após o dia trabalhado. O vale-transporte referente ao feriado também tem que ser concedido ao empregado sem qualquer ônus para o mesmo.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Campina Grande e Região, José do Nascimento Coelho, os empregadores terão que garantir outros direitos assegurados na Convenção Coletiva, a exemplo da jornada de trabalho e o registro no livro de ponto da frequência dos funcionários escalados.

Coelho chama a atenção do comerciário que se sentir prejudicado quanto aos seus direitos trabalhistas, para reclamar junto ao seu Sindicato, e assim a entidade sindical oficializar denúncia ao Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), para adoção de medidas.

Fonte: Ascom/Sindcomerciários




Comentários


Comentar


Sidebar Menu